London's Bridge Is Falling Down..

Falling Down.. Falling Down..

London's Bridge Is Falling Down.. - Falling Down.. Falling Down..

Book de Gestante Lindo Aqui No Rio De Janeiro!

Eu estive procurando na internet por uma pessoa que fizesse book de gestante para uma amiga aqui do Rio de Janeiro e me deparei com todo o tipo de trabalho muito lindo! Infelizmente, muitos moram fora do Rio de Janeiro, dai fica complicado, né…

Uma amiga me indicou o trabalho da Fernanda Monge, e eu adorei o que vi! Visitem o site dela para mais fotos de book de gestante e de bebê!

Abaixo você encontra um gostinho do trabalho dela. É ou não é de cair o queixo!?

Acho que o que eu mais gostei foi da forma como ela apresentou o trabalho no video, além da luz! Ela usa equipamento profissional de iluminação de estúdio, só que para fazer externas. Igualzinho ao que se faz para as fotos de revista de moda. É possível ver o vídeo original dela e mais um monte de outros no canal de youtube da fotógrafa Fernanda Monge.

Minha amiga vai adorar! O que vocês acham?

Três Métodos Para Falar Com Seu Filhinho

Man Holding Up an InfantUma das coisas mais difíceis da vida é aprender a maneira de falar com outras pessoas. Nós aprendemos a ouvir como os outros falam as coisas e procuramos pistas em seus rostos para o que sugerem sem falar.

Agora imagine como é difícil para seu filho conversar com você, simplesmente porque ele não possui nenhuma destas habilidades que foram mencionadas anteriormente.

A única pista que você terá quando seu primeiro filho nasce, é seu choro. Entenda que vai levar algum tempo para que você consiga determinar que ele chora de várias maneiras, e o que elas significam.

Aqui está um guia rápido com as primeiras coisas que você precisa saber sobre a comunicação com o recém-nascido.

Já Imaginou?!

Vamos imaginar que você acaba de ser extraído do planeta em que reside atualmente e cai em outro mundo. Este mundo é muito mais claro do que o outro, tudo e todos são maiores e, pela primeira vez em sua vida, você sente frio e calor sem nenhum controle próprio.

Aliá, você não tem controle sobre nada; o pessoal extremamente grande alimenta, troca suas roupas íntimas sujas e o carrega para todos os lugares. A pior parte é que você simplesmente não fala a língua deles.

Você tenta dizer a eles que sente fome, que precisa ter as roupas trocadas, que está apenas sonolento, entre outras coisas, mas tudo o que você consegue fazer é chorar. É assim que acontece no mundo de seu recém-nascido.

A única forma que ele tem de contar que algo não está certo, é ficando agitado então preste atenção aos choros. Rapidamente, você saberá o que cada choro significa e como deve responder.

A Triste Verdade!

Bebês não têm a capacidade de dizer ‘Ei, estou com fome. Alimente-me ‘. Seria muito mais fácil se o fizessem, mas eles não conseguem. Você, como uma mãe de primeira viagem, está em desvantagem simplesmente porque você não tem como saber o que o choro significa. Ele está com fome, sono ou muito agitado?

Em primeiro lugar, deixe a preocupação de lado, todas as mães iniciantes passam por esta situação. Todos os pais precisa conhecer seu novo filho e compreender o que ele está tentando informar. No minuto em que você deixar a preocupação de lado e relaxar um pouco, encontrará uma maneira de focar no que o pequeno e no que ele precisa; você perceberá que, aos poucos, entenderá o que ele quer dizer.

Em segundo lugar, você não deve ter medo de segurar seu bebê frequentemente. Eu tenho certeza que você já ouviu outras pessoas comentando que você mima demais a criança se correr para segurá-lo a cada vez que ele chora, mas estas pessoas estão erradas.

Seu filho chora porque ele precisa de algo, e este algo nem sempre é algo tangível como alimentação ou fraldas que precisam ser trocadas. Pode ser que ele precise ser confortado.

Mais uma vez, este é um mundo grande e assustador e o bebê precisa saber que alguém está ali por ele. Assim como, de início, você não sabe o que cada choro, ele também não sabe que você estará ali para satisfazer suas necessidades quando chora. Mas não demora até que ele confie em você e perceba que você está ali para ajudá-lo.

Então, ao segurá-lo sempre que ele chorar, você não estará o mimando mas, sim, auxiliando-o a relaxar e a desenvolver a confiança em você.

A última coisa que você pode fazer para ajudar na comunicação com seu filho seria dar a ele um ambiente seguro para morar. O mundo em que seu bebê está vivendo parece realmente muito grande para ele, então faça este mundo parecer menor e mais confortável.

Seu bebê fica mais confortável quando está em seus braços. Quando não for possível segurá-lo, deixe-o junto ao corpo. É um grande método para que ele se sinta mais seguro. Você encontra os cobertores apropriados, chamados de cueiros, em diversos supermercados, mas mesmo um cobertor normal pode funcionar muito bem.

Concluindo…

Assim como na maioria das relações, você e seu filho passarão a entender um ao outro muito bem. Logo, seu bebê crescerá mais relaxado com o ambiente ao redor. Em breve, um simples toque servirá para acalmá-lo. Ele apenas precisa reafirmar, de tempos em tempos, que você está a seu lado, para tomar conta dele.

Uma Rotina de Sono Para o Seu Bebê Que Funciona

Bebe recem nascido dormindoUma criança recém-nascida é o melhor presente que os pais podem pedir,  mas também  pode ser estressante se adaptar a um bebê. Seu estilo de vida muda completamente e suas horas de sono são drasticamente reduzidas.

Você nunca vai ter uma vida como antes depois que seu bebê nascer, mas te ajuda muito adotar uma boa rotina de sono ao seu bebê.

O tempo de sono que os bebês precisam e quando durante o dia eles precisam varia de criança para criança, mas o nosso cronograma te dá uma base da quantidade padrão de sono que eles precisam em uma certa idade, e como esse padrão muda ao longo do tempo.

Recém-Nascidos

Quando uma criança nasce, o estômago vai dizer o quanto ela precisa dormir. Eles geralmente precisam de 7-8 horas durante o dia e 8 horas durante a noite.

Você não pode esperar um padrão consistente no começo, pois o bebê pode acordar depois de alguns minutos ou algumas horas, dependendo de quando precisam  ser alimentados.

Um Mês

Nessa idade, sua criança geralmente começa a distinguir o dia da noite. Apesar de dormirem muito durante o dia, eles vão dormir mais durante a noite. Normalmente 6.5-7  horas durante o dia e 8.5-9 durante a noite.

Três Meses

A diferença entre o dia e a noite fica mais acentuada nessa fase, o que significa que é uma boa hora para tentar estabilizar uma rotina de sono.

Eles vão dormir por mais ou menos 5 horas durante o dia (geralmente 2 ou 3 cochilos) e umas 10 horas de noite (geralmente em dois trechos). Adaptá-los a um padrão vai ajudá-lo a avançar.

Seis Meses

Cochilos durante o dia normalmente serão reduzidos a um de manhã e um de tarde nessa fase da vida do bebê. A maioria não vai dormir mais que algumas horas durante o dia.

Não há nada de errado caso o seu bebê cochile 3 ou 4 vezes por dia. Grande parte dos bebês de 6 meses vai dormir durante a noite, apesar de que alguns ainda vão acordar de madrugada.

Um Ano

aniversario de 1 anoA criança nessa idade normalmente vai tirar um ou dois cochilos durante o dia, totalizando 2 horas. Se eles tiverem problemas para dormir, pode ser devido à ansiedade de separação, o que é normal.

De noite eles vão dormir por 10 ou 11 horas e às vezes podem dormir durante a noite toda sem acordar.

Dezoito Meses A Dois Anos

Sua criança vai dormir por mais ou menos uma hora e meia durante o dia, sendo os cochilos mais tarde. Cochilos na hora do almoço e de tarde são comuns, mas mais curtos que nas idades anteriores e, geralmente, apenas um.

Dormir por onze horas de noite é comum nessa idade e eles podem sair de suas camas depois que você coloca-los para dormir, então não fique surpresa caso eles te incomodem.

Como já foi citado antes, esse cronograma não é totalmente preciso, pois cada criança é diferente da outra. Porém, isso pode te ajudar a ter uma base do que esperar e a planejar uma rotina que se encaixe no seu estilo de vida e beneficie você, seu companheiro e sua criança.

10 Dicas Importantes Para Evitar o Parto Prematuro

Bebê Recém NascidoParto prematuro é o termo usado para definir crianças que nascem muito cedo, com 37 semanas ou menos. Nos EUA, o percentual de nascimentos prematuros é de quase 13%. Esse aumento está predominantemente relacionado ao número de nascimentos múltiplos, que aumentou devido à inseminação artificial, e ao aumento de partos prematuros indicados (ex: pré-eclâmpsia/eclampsia maternal, restrição do crescimento fetal intrauterino).

O parto prematuro é uma condição totalmente indesejável que o seu obstetra e pediatra estão tentando impedir que aconteça. Dar a luz à sua criança muito cedo pode consideravelmente reduzir o potencial de sobrevivência do bebê, devido à imaturidade pulmonar e ao baixo peso ao nascer.

Uma boa referência é essa cartilha que o governo distribui gratuitamente!

Além da sobrevivência, outro fator importante se a criança nascer muito cedo é a qualidade de vida obtida pelas crianças prematuras. Complicações físicas e intelectuais relevantes afligem muito a vida destas crianças. Muitas delas manifestam deficiências neurológicas, incluindo paralisia cerebral.

O último, mas não menos importante problema é o efeito financeiro do parto prematuro. O custo de um bom perinatal com cuidado intensivo e intervenções médicas é altíssimo.

Além disso, virão mais despesas com os resultados de longo prazo e deficiências de desenvolvimento durante o resto da infância para alguns prematuros.

Aqui vão algumas coisas que você pode fazer para reduzir o risco de parto prematuro:

Faça o Pré-Natal Cedo Ou Tenha Mais Consultas Pré-Natais

A visita pré-natal fornece muito mais oportunidades à mãe para ser examinada regularmente pelo profissional da saúde, aconselhada quanto à saúde, e informada sobre todo o processo pelo qual ela deverá passar.

Aumentar O Intervalo De Gravidez

Há uma grande chance de ocorrer parto prematuro em uma gravidez muito próxima da anterior. Na verdade, em intervalos de menos de seis meses, há um risco mais de duas vezes maior.

Uma explicação é que o útero demora a voltar ao estado normal, junto com seu estado inflamatório. A outra é que o curto intervalo entre uma gravidez e outra diminui o tempo para repor as reservas maternas esgotadas de vitaminas, minerais e aminoácidos, consumidos durante a gravidez anterior.

Observe Seu IMC

Vise ter um IMC normal de pré-gravidez. Este é 19/25kg/mg².

Tenha Nutrientes Suficientes

Baixa concentração de vitaminas, minerais, proteínas e energia no corpo podem causar redução na circulação sanguínea e aumento nas infecções maternais, e ambos podem aumentar o risco do parto prematuro.

Evite Doenças Periodontais

Doença periodontal refere-se à qualquer infecção bacteriana que estrague qualquer tecido e osso que segure os dentes na boca. Em alguns estudos, a doença periodontal é relacionada ao parto prematuro. Isso é baseado na ideia de que micróbios orais patógenos podem ser transmitidos pelo sangue ao órgão genital feminino, desencadeando inflamações que culminam no parto prematuro.

Mantenha Seu Medico Informado

Informe completamente ao seu médico sobre seu histórico obstétrico, ginecológico e médico. Mulheres com partos prematuros no histórico correm mais risco te ter o bebê prematuramente. Também devem informar aos seus médicos qualquer sinal ou sintoma de infecções genitais, como corrimento vaginal, para que seja tratado com antecedência.

A maioria das mulheres também tem o colo do útero incompetente (dilatação cervical sem dor, levando a expulsão prematura do feto). Nesse caso, elas são diagnosticadas pela ultrassonografia cervical e podem precisar de um ponto circunferencial perto do colo do útero (conhecido como cerclagem) no início da gravidez.

Acima disso, as mulheres também devem alertar ao médicos sobre qualquer doença que elas podem estar tendo, como diabetes, asma, hipertensão e convulsões para ter um tratamento apropriado, visando diminuir as chances de ocorrerem problemas como o parto prematuro.

Conheça os sintomas do trabalho do parto prematuro.

Eles envolvem contrações, pressão pélvica, dor nas costas e corrimento vaginal.

Repouso E Hidratação

Um repouso e uma hidratação adequados promovem boa circulação no sangue, oxigênio e vitaminas e nutrientes para o feto em crescimento.

Evite Estresse Mental E Social

Depressão, problemas conjugais e circunstâncias estressantes como grandes dificuldades no casamento têm sido ligados ao parto prematuro.

Fique limpo de álcool, tabaco e outras substâncias de abuso. O tabagismo pode causar uma reação inflamatória que prejudicam a via que leva ao parto. Também é um poderoso vasoconstritor que compromete o fornecimento de sangue para o feto, causando restrição no crescimento fetal e deslocamento prematuro da placenta, tendo como resultado a recomendação a um parto prematuro.

Por outro lado, o álcool pode causar Síndrome Alcoólica Fetal, caracterizada por sérios defeitos físicos e cardíacos e restrição do crescimento dentro do útero.

É essencial lembrar que, quando se dá início ao parto prematuro, não há muito a ser feito pelo profissional médico. Portanto, a melhor maneira de impedir o aparecimento do mesmo é a mulher grávida evitar as variáveis que aumentam o risco de parto prematuro